PRÊMIO DARDOS: Reparação e Agradecimentos

muito, muito tempo um blogueiro de boa cepa – não à toa chegou a marca dos 500 posts – chegou à minha casa. Sua expressão coaduna com a minha sob vários aspectos e creio que foi isto, sintonia, o que me levou lá e o trouxe cá, e vice-versa. Há nele uma atitude generosa com toda a gente, palavras afetuosas, um dirigir-se ao outro, doce, que faz compreender sem dificuldade as amizades assíduas e sólidas que apreciam seus posts e o tratamento sempre respeitoso e amigo que caracterizam aqueles comentários. E as suas réplicas.

Kael – KAMBAMI, Cláudio El-Jabel – me indicou ao Prêmio Dardos. Fiz um agradecimento no momento e a vida seguiu.

Blogueira neófita, aos poucos fui percebendo que cultivar palavras por aqui envolve códigos, protocolos, uma moral – no sentido de costumes claro! – própria. Distraída que sou para esses aspectos – e muitos outros, admito – só bastante tempo depois percebi que fiquei devendo uma manifestação apropriada. E foi através de um outro blogueiro a quem visitava…

Peço desculpas agora, Kael.

Não tenho vindo muito aqui, escrever tem sido difícil; não é uma crise criativa, pois que esta está reservada aos artífices, mas há uma dificuldade real que me afastou daqui.

A vida segue e prossegue. Para marcar minha tentativa de volta paulatina, faço hoje o que deveria ter feito há muitas semanas atrás.

Então:

Fiquei muito honrada e agradecida com a indicação do “bemsabemos” para o Prêmio Dardos em – vejam só – 1º. de julho de 2016.

Agradeço, de coração e, agora apropriadamente, a indicação proposta pelo querido Kael do Blog UNOBTAINIUM.

Gratidão!

Este é um convite a todos os simpatizantes das palavras a participarem deste Prêmio que dá liga, aproxima e afaga os Blogueiros e os incentiva a manterem-se ativos. Ao menos este foi o efeito em mim mesma quando da indicação.

Eis as informações sobre o Prêmio:

“O Prêmio Dardos é uma espécie de selo virtual criado em 2008 pelo escritor Alberto Zambade, autor do blog Leyendas de “El Pequeño Dardo” El Sentido de las Palabras. Ele selecionou e indicou o selo a quinze blogs que ele considerou merecedores do prêmio, os quais também indicaram outros 15 e assim sucessivamente, criando uma imensa corrente na internet.”

Tem sido gratificante conhecer pessoas em um espectro tão amplo de diversidade e ao mesmo tempo com pontos de similitude em que nos tocamos, criando elos e, mais ainda, anelos.

Ainda o Prêmio. Critérios:

– Indicar blogs que considere interessantes do ponto de vista de informação e criatividade.
– Mencionar o blog que te indicou ao Premio Dardos.
– Avisar os blogs de sua indicação.

Inovo e acrescento uma pequena nota sobre cada blog. Uma forma de dar conhecimento aos eventuais leitores das motivações para minhas escolhas. E incentivá-los a visitar os campos floridos e imensos trigais que tenho visitado eu mesma.

Depois de um processo difícil – escolher aqui é cometer injustiças, MAS NUNCA ESQUECER – eis aqui então os meus indicados, em ordem alfabética:

1.A PARTE E O TODO DE MIM

https://aparteeotododemim.wordpress.com/
Por Cris Campos

Cris traz em si um domínio da língua que torna seu lirismo a expressão do que vai pelos corações de todos sem fazer uso de uma “erudição inibidora”. Seu “Na vitrola…” é um plus, nunca banal. Música e sentimento. Texto cuidadoso com os leitores e muito, muito bonito. Um campo em flor sempre, por mais doído. De orquídeas a cravos, uma belíssima artesã. Impossível ficar indiferente à sua escrita íntegra e à sua entrega.

2.BYLUIS7

https://byluis7.com/
Por Luis

Luis me fez uma visita silenciosa. Fui ao seu blog em retribuição. Sempre vou. Que verve! Profunda sua prosa e sua poesia. Uma construção esmerada.

Luis me hizo una visita silenciosa. Fui a su blog a cambio. Siempre lo hará. Qué entusiasmo! Profunda su prosa y su poesía. Una construcción cuidadosa .

3.CHRONOSFER

https://chronosfer.wordpress.com/
Por Fernando Rozano

Este é o Companheiro de Euterpe. Dia a dia, a música em sua expressão. Chronos devorava os filhos; tempo implacável. Já Fernando nos brinda com rebentos musicais todos os dias. Da morte, a Vida pela música. Há dias em que o tom do dia é coroado pela música que FeR nos traz. E há aqueles em que “sua música” transforma – sempre com luz e cor – o dia. Do cortante vento do Sul chega o conforto da música. Felizmente o Sul nos concede seu comparecimento, quase silente, em que somente a Música nos diz o que vai por lá. Tal qual Perséfone, ele chega ao campo de trigo, e fica, ao menos um pouquinho, longe dos olhos do Sul-Hades-Raptor. E nós, por aqui, ouvindo…

4.EU NÓS DOIS E TODO MUNDO

https://eunosdoisetodomundo.wordpress.com/
Por Sergio Begiatto

Foi lendo o Sergio que me dei conta da necessidade deste post sobre o Prêmio Dardos. A Casa de Sergio é “Ecumênica”, mas não um balaio qualquer. Sua ironia, um quê de tristeza e ironia, não pesam. Seu texto é leve e suas hi(e)stórias um sucesso porque verossímeis e atuais. Um passeio por lá e o dia se torna mais leve.

5.FREDERICO BRISON

https://fredericobrison.wordpress.com/
Por Frederico Brison

Frederico nos brinda com uma obra lírica, profunda. Seu registro é dolorido, amoroso, passional. Não há fronteiras em sua expressão: há pessoas completas, complexas, múltiplas. Sua dor é universal, o amor transborda de seus escritos. Causou forte impressão com o derrame de sentimentos sem pudor e os elogios e visitas corroboram minha admiração por este grande escriba. Belíssimo.

6.HUMBERTO CAVALCANTI

https://humbertocavalcanti.wordpress.com/
https://humbertohpc.wordpress.com/
Por Humberto Cavalcanti

Humberto é um amigo querido. De muito tempo. O primeiro artífice de blog que conheci. Suas fotografias, maravilhosas, são um legado para quem aprecia o humano em frames. Tudo que há nele mesmo. Recomendo sempre visitá-lo e apreciar suas peças. Vou até lá e fico olhando, olhando. E a cada vez é um novo olhar que se reconstrói em mim e de mim mesma. Como num espelho.

7.JULIO BERNABÉ

https://psicologojuliobernabe.wordpress.com/
Por Júlio Bernabé

Júlio traz informações preciosas para quem lida com pessoas, base das minhas atividades, quer profissionais quer pessoais. Trata com cuidado e responsabilidade temas nem sempre fáceis. Um blog informativo sem o inapropriado viés “caso encerrado” que costuma caracterizar blogs com a mesma temática. Uma visita sempre instrutiva mas sem “didatismos”.

8.MARIEL FERNANDES

http://marielfernandes.com/
Mariel Fernandes

Mariel, em alguns posts é curto, objetivo, imagético. Uma arte para quem é prolixa como eu. E sem perder qualquer expressão; denota e conota tudo sem perdas. Seus textos são fluidos e próximos, deixando o leitor à vontade. Aprendizado pendente. Sou hiperbólica – um blogueiro me concedeu salvo conduto – mas adoraria ser monossilábica. Quem sabe observando mais, hum?

9.O PONTO AFINAL

https://opontoafinal.wordpress.com/
Por Hang Ferrero

Hang é um poeta. Um esgrimista das palavras e das muitas “fãs” que cultiva em seu jardim. O poeta já dizia que o importante é aromatizar com flores para que as borboletas venham… Lindas peças. Um blog que visito com freqüência e que recomendo seja visitado aos que estejam em busca de desenvolvimento de escrita poética.

10.OFICINA DE CONCERTOS GERAIS E POESIA

https://concertosgerais.wordpress.com/
Por Sergio Saraiva

Sergio é um primoroso cronista: arguto, irônico, preciso. Desde muito acompanho sua jornada pelos meandros cotidianos. Escreve com uma cirúrgica visão da realidade e sua concisão é um grande ativo que seu estilo entrega aos leitores. Conhecimento, muito, dá consistência e coerência à sua narrativa e proposição. Uma pena preciosa.

Bardo de grande sensibilidade. Profundo, bissexto e muito, muito lírico. Erasto o acompanha, sensibiliza e rende homenagens, pois que tange sua lira em uníssono com o que a Musa mais preza. Sua dureza beira o erótico, sua doçura é sensual. Muito bonito o que sua lira nos proporciona. Sempre.

11.PÃO DE CANELA E PROSA

https://paodecanelaeprosa.wordpress.com/
Por Artur Laizo

Artur nos traz uma variedade de temas, de poesia a utilidade pública, de passeios a livros. Um blog terno, mas sempre informativo. Poemas belos e um Manuel Bandeira que eu mesma, no meu atrevimento, me dei de presente. Belo espaço. Ah, claro, e é Pão de Canela.  Com um café, fica sempre muito bom.

12.PEQUENOS FATOS DA VIDA

https://pequenosfatosdavida.wordpress.com/
Por Camila Ferreira

Camila é uma jovem escritora. Temos em comum o gosto pelas palavras. Estive em seu blog algumas vezes, cheguei a ela através de um texto seu publicado no Scribe (É! Passeio muito.). Uma incentivadora nata, que me manteve animada para escrever. Muito mais jovem do que eu, traz em si uma expressão madura, que aprecio, mas sem perder o frescor. Este que persigo sem sucesso. Certamente, isto me faz admirar ainda mais o seu trabalho.

13.POESIAS DE MÃOS QUE SENTEM

https://poesiasdemaosquesentem.wordpress.com/
Por Odonir Oliveira

Esta poetisa das Gerais é uma escultora. Obra com palavras, com imagens, com música, mas muito antes, e veramente, usa de seu formão com sentimentos. Pessoas reais povoam sua obra. Curta, serei também: grande, multi, plena. E sua contribuição à “Educação para a Vida”? Recomendo uma visita já ao seu blog para conhecer o trabalho belíssimo que realiza.

14.RANCHO DO PEREGRINO

https://ranchodoperegrino.wordpress.com/
Por Ronaldo Sérgio

O Rancho! Ainda agora, Ronaldo nos lembrava: ranchos são refúgios, acolhem peregrinos. Ali sempre o lancinante, profundo, cortante e absolutamente doce e entregue. Ronaldo carrega e divide intensidade, aquela das dores que sentimos n’alma, sem ferir. Bissexto e veraz, sempre. Não transige nem “refresca”. Um Poeta.

15.UNOBTAINIUM

https://kambami.wordpress.com/
Por Cláudio El-Jabel; para mim desde sempre Kael.

O dulcíssimo e tenaz blogueiro dos 500 posts. Mas não quaisquer 500. Há os “despejados” sobre a tela, os cuidadosamente construídos, os dedicados, as crônicas, os devaneios e divagações. Em todos, o convite e acolhimento ao pensamento diverso e ao esforço de todos, seus leitores e blogueiros em sua rede, com as letras. A visão do Universo, Uni Verso, Multi Verso e In Verso. Grande. Terno. Direto.

Foi muito gratificante – e instrutivo para a minha “inexperiência” – conhecê-los e aos artífices que os mantém com tanto zelo. A qualidade das postagens resulta de, e revela, seu comprometimento e cuidado com o acervo, mas antes de tudo com o prazer dos leitores.

Aproveito para me desculpar por ter – mesmo que momentaneamente – “interrompido” o fluir por esta enorme Corrente com esta postagem tardia.

Obrigada.

Anna.

 

IMG-20160316-WA0004

18 comentários sobre “PRÊMIO DARDOS: Reparação e Agradecimentos

  1. E eu perambulando como beija flor em cada uma e com todo cuidado, venho agradecer seu carinho e dizer que fiquei apaixonado com a maneira que descreveu cada amigo blogueiro, alguns já meus amigos e que também me apaixono nas visitas, outros que por boa dicas irei com certeza me juntar, conhecer, visitar e se possível deixar meu carinho, meu apreço. Cada palavra aqui descrita de cada um eu a vi brotar do coração e sei que tanto em ti como em mim esse carinho que nutrimos por nossos amigos é algo mais que belo e sincero é mesmo uma paixão. Gratidão Anna! ❤

    Curtido por 1 pessoa

      1. É bem maior que esse o que guardo na memória tenha certeza e ainda existem aqueles que não necessitamos falar, mas se alojam no coração e nos ajudam a caminhar, sabes bem que desde o princípio já pertencia a esse seleto grupo. Acredito que sejamos irmãos cósmicos, quem sabe? 😉

        Curtido por 1 pessoa

    1. Eu, Ronaldo, é que agradeço. A beleza que você oferta aos leitores. O ritmo, o enlevo, a canção, cheiros e cores que acompanham teus escritos. Visualizo tua narrativa; é crua, verossímil, real. Admiro este entalhe que você imprime, com formão afiado, à madeira nua; cheio de estrias, fissuras, de verdade. Depois jogas o negro e viscoso betume por cima e nos entrega a peça a ser pendurada em nossas paredes, ocre, cobre, quase negra. Lindo. E tem o Suriname, que não mencionei. Desta vez. Obrigada por compartilhar. Belas lembranças para guardar deste tempo. Grande abraço.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Querida Anna, talvez você tenha notado alguma ausência. Ando no momento por caminhos ensimesmados. Tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo e eu com um domínio tão precário da teoria do caos. E aí passo pela Oficina só para ver se as ferramentas ainda estão no lugar. E você esteve por lá. Deixou uma lembrança que eu preciso agradecer. Muito obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Querido Sérgio, por favor, não. Eu é que agradeço.

      Tua ausência é sentida e respeitada. Mas, afinal, que domínio temos? Senão e apenas de nós mesmos, e a bem da verdade, se tanto.

      Visito e revisito tua casa; o tanto de bonito que quedou registrado por lá me dá grande prazer.

      Bem sabes por onde ando e minha casa é sempre a tua. A recepção que sempre encontrei na Oficina e por onde você deixou tuas letras me fez senti-la como se fora minha. A quintessência da hospitalidade: silente e acolhedora.

      Obrigada por tua terna visita. Um presente inestimável.

      SLP. Um beijo.

      PS.: Te desejo um amoroso Dia dos Pais.

      Curtir

  3. Anna, em razão da implantação de um projeto meu para Atenção Básica da minha região, ando distante do blogue. Apesar de ventos contrários, isso tem me tomado quase todo o tempo. Não obstante tenho, aqui e ali, escorregado entre as cantinhos.

    Recebi com grande alegria e carinho teu presente. Sei que nada sou, mas tua referência aos meus escritos injetou, por certo, um novo ânimo às minhas tão cansadas linhas. Há muito ainda por fazer no processo que agora me encontro. Estou feliz com isso e tua lembrança me deixou ainda mais.

    Tenho lá no blogue um post onde cito as indicações que recebi. Se você me permite, colocarei o link do teu que, sem dúvida, agregará mais beleza e riqueza ao post onde outros queridos colegas já estão.

    No mais, agradeço mais uma vez tua generosidade e carinho nesta postagem. Um beijo com toda minha gratidão.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Cris,
      Por favor, não há o que permitir. Feita, a indicação é de tua inteira posse e desfrute; tua vontade é soberana no se e como acolher e guardar. Fico feliz que tenha te alegrado num momento de grande atividade. Os pequenos gestos têm esse efeito: “pousos” a meio da jornada que nos permitem ganhar fôlego para mais uma “estirada”.
      Honradíssima de ocupar um lugarzinho na “parte e no todo” de ti.
      Obrigada pelas palavras gentis.
      Um beijo.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s