Cultura de Paz

 

IMG-20160227-WA0010

NAMASTÊ!  O Divino em mim saúda o Divino em você!

CULTURA DE PAZ

Palestra do ciclo “A Banalização do Mal, Ensaios Sobre Fenômenos Líquidos” da Escola Paulista de Psicanálise. Realizada no auditório da Livraria Martins Fontes de São Paulo. Neste encontro a Monja Coen Roshi, missionária da Tradição Zen Sotoshu do Japão, abordou o tema: “A violência invisível”.

*

Publicado no Youtube em 05 de maio de 2013.

*****

Da série: o significado das palavras

Banal.
Adj. Trivial; sem originalidade; que é comum ou ordinário: conversa banal.

Antigo. Dizia-se daquilo que pertencia ao senhor feudal, mas podia ser utilizado por seus vassalos desde que pagassem o foro: instalação banal.

P.ext. O próprio foro; a pensão que o enfiteuta (arrendatário) de um prédio pagava anualmente ao senhorio direto.

(Etm. do francês: banal)

Sinônimos de Banal:
Comum, corriqueiro, costumeiro, cotidiano, frequente, geral, habitual, natural, normal, ordinário, prosaico, regular, simples, singelo, trivial, usual e vulgar.

Antônimos de Banal:
Anormal, anômalo, atípico, especial, excepcional, extraordinário, inabitual, incomum, insólito, inusitado, inusual, invulgar, irregular, original, raro e singular.

Ah, o que dizer? Banalidades pululam, imperam, viscejam. Marca dos tempos. Estilo de vida. Atrativa pois que leve, oca, vazia; adornada com as futilidades e exterioridades típicas da contemporaneidade e de velocidade e imediatismo dos tempos. Preciso adjetivo aos que pouco tem a dizer ou acrescentar, vez que nada há além de eu, eu, eu .. Perda de tempo. Te lembra algo? Alguém?

http://www.dicio.com.br/banal/
(com adaptações)

Outros links:

http://www.ocafezinho.com/2015/10/06/a-atualidade-brutal-de-hannah-arendt/

*

http://jornalggn.com.br/noticia/o-juiz-e-a-banalidade-do-mal-por-haroldo-caetano

http://jornalggn.com.br/noticia/a-bocalidade-do-mal-por-eliane-brum

http://outraspalavras.net/posts/a-atualidade-brutal-de-hannah-arendt/

http://outraspalavras.net/posts/sobre-maldade-humana-monstros-e-cultura/

http://www.marcelofreixo.com.br/a-banalidade-do-mal/

http://www.ihu.unisinos.br/noticias/524092-a-banalidade-do-mal

http://www.ihu.unisinos.br/noticias/522291-a-banalidade-do-mal-

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Banalidade_do_Mal

http://cienciahoje.uol.com.br/colunas/deriva-genetica/a-banalidade-do-mal/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s