2 BIRDS & O Juízo Final

IMG-20160228-WA0001

Este post é uma homenagem ao Mineiro mais mineiro que eu já conheci (*).

Aqui trago algumas palavras à beleza de canção que é “Juízo Final”. Cheias de emoção antes, mantém a mesma chama viva, pois são do coração e “desta hora triste”.

São também o agradecimento à criação do vídeo “2 BIRDS”, de Agosto de 2015, da lavra criativa e sempre suave do Artesão Jones das Minas Gerais, um homem a quem considero, antes de tudo, um amigo. Foi imensa minha alegria quando o “recebi” e é imensa minha gratidão sempre que o aprecio mais uma vez.

Este vídeo – a música, o visual, o ritmo – me fez companhia muitas vezes e suavizou dias pesados e madrugadas insones. Não cabe neste post, nem em palavras, o que foi ter conhecido e ter estado em companhia deste homem tão distinto, tão singular, tão único. E que me presenteou de forma tão cálida.

Muito Obrigada Jones pela riqueza da convivência e da troca sem peias, lírica, onírica. Ora interrompida pela materialidade, mas vinda de outros mundos, levarei comigo pelos tempos esta forte impressão na alma e no coração.

“For a thousand years
And a thousand more.”

Muito Obrigada por TUDO.

***

O JUÍZO FINAL

Ao Bardo

Senhor,

na cerimônia de ordenação em que o Mago Branco sagrou-te Cavaleiro, espada sobre os ombros, juramento nos lábios e de joelhos, prometeste honrar antes de tudo a ti mesmo e às armas que te foram entregues e te tornaram um defensor.

Tens sido. “Do mal será queimada a semente”.

Juízo Final, por Luiz Melodia, de Nelson Cavaquinho.

Se há donzelas – carregando em seus lenços as tuas cores, assistindo aos torneios e refregas de que tem participado – torcendo por ti, apoiando-te, gratas por tua proteção é porque tens honrado teu juramento e dado alegrias a todas e ao Mago também.

No “Juízo Final” hás de vislumbrar o Graal, recompensa aos esforços dos Cavaleiros puros de coração. Sem derramar uma gota de sangue, sem ferir e rapinar. “A luz há de chegar aos corações”.

Teu Graal – só teu – chegará a tuas mãos pois você derramou amizade, cuidados e lirismo sobre as moças, sobre todos. Foi ousado, falante, um trovador, soprando por sobre feridas, amenizando dores, rapinando admiração e afeto.

A bruxa-fada Anna agradece e devolve o carinho, lembrando ao Bardo que de sua lira não se ouviu senão a mais pura poesia. E que este é o passo definitivo para a colheita do mais sublime Amor, pois “terás olhos para ver a maldade desaparecer”.

“O amor será eterno novamente”.

Obrigada!

Fonte: YouTube
Em Canal jnscam
Criação: jnscam
2 BIRDS | nicole reynolds

***

Aqui, a Thousand Years, canção de minha predileção e que fala dos encontros de Alma.

A Thousand Years, Cristina Perry

~~~~~~~~~~~~~

(*)  De José B. Queiroz

Ser Mineiro

Ser mineiro é não dizer o que faz,
nem o que vai fazer.
É fingir que não sabe aquilo que sabe.
É falar pouco e escutar muito.
É passar por bobo e ser inteligente.
É vender queijos e possuir bancos.
Um bom mineiro não laça boi com
embira, não dá rasteira no vento, não
pisa no escuro, não anda no molhado,
não estiva conversa com estranhos, só
acredita na fumaça quando vê o fogo, só
arrisca quando tem certeza, não troca
um pássaro na mão por dois voando.

Ser mineiro é dizer UAI e ser diferente; é
ter marca registrada, é ter história.
Ser mineiro é ter simplicidade e pureza,
humildade e modéstia, coragem e
bravura, fidalguia e elegância.

Ser mineiro é ver o nascer do sol e o
brilhar da lua; é ouvir o cantar dos
pássaros e o mugir do gado; é sentir o
despertar do tempo e o amanhecer da
vida.

Ser mineiro é ser religioso, conservador,
cultivar as letras e as artes; é ser poeta
e literato, é gostar de política e amar a
liberdade, é viver nas montanhas e ter
vida interior.

José B. Queiroz

Link: http://jobaque.blogspot.com.br/p/poesia-ser-mineiro.html

3 comentários sobre “2 BIRDS & O Juízo Final

  1. Anna
    É gratificante a descoberta do generoso
    compartilhamento dos meus vídeos despretensiosos,
    desprovidos de quaisquer projetos fora do alcance do colorido das flores,
    do incerto voo do pássaros e dos insetos vadios, do curso dos rios judiados,
    das águas frias das cachoeiras e da calmaria dos lagos ao por do sol,
    da música sublimada e da poesia que toca o meu coração,
    no seu blog em gestação.
    Não sei se você soube/sabe que o clipe 2 BIRDS/nicole reynolds
    foi criado pela sua paixão demonstrada pela bela canção,
    que embala a levitação das aves marinhas
    à beira do cais.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Não Jones! Gratificante é um Bardo da tua cepa visitar o meu sapê. Inesquecível a tua, nunca imaginada e por isso tão valiosa, visita.
      Estou tentando advinhar, deixando fluir, a que veio este espaço. Não há dúvida de que não é somente minha palhoça que está em construção, estou indo junto, mas ainda a tudo estranhando, ainda doída da mudança. Nem sei se vim para ficar…
      Te agradeço, mais uma vez, a generosidade – um teu traço – e a visita. Hoje foi um dia inenarrável; não tenho sequer um café para oferecer mas retribuirei tua visita tão logo esteja melhor instalada.
      Me faltam as palavras – e isto é raro – para me despedir. Melhor então dizer: Até.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s